O amor já está no ar e nas redes! Com a proximidade do Dia dos Namorados, o comércio começa a movimentar seus produtos e vitrines focando nos casais apaixonados. E as vendas on-line desta data têm contribuído para ampliar os resultados dos lojistas no fechamento das vendas do primeiro semestre. 

O E-COMMERCE: RESULTADOS DE 2018 E PROJEÇÕES PARA 2019

Segundo pesquisa da Ebit, a projeção para 2019 é que o comércio eletrônico brasileiro cresça 15%, com um faturamento estimado de R$ 61,2 bilhões em vendas on-line. Em 2018 o faturamento foi de R$ 53,2 bilhões, e o ticket médio de compras teve o maior número já registrado, com o valor de R$ 434,00. Para 2019, estima-se um crescimento de 3%, chegando ao ticket médio de R$ 447,00.

Em 2018, registrou-se um total de 123 milhões de pedidos via e-commerce, provenientes de 58 milhões de consumidores que fizeram, ao menos, uma compra no ano passado. A expectativa é que esse aumento se mantenha em 2019, chegando a 137 milhões de pedidos, com um aumento de 12%.

As categorias de cosméticos/perfumaria, moda/acessórios foram os líderes de vendas, além de serem os mais recorrentes e com pedidos de menor ticket médio, tendência que deve se manter em 2019. Lembrando que esses produtos são um dos líderes de vendas no Dia dos Namorados, seguido por informática e eletrônicos.

Se em 2018 o Dia dos Namorados ajudou a conquistar os resultados significativos para o e-commerce, alcançando faturamento de R$ 1,77 bilhões (segundo o Ebit), a projeção para 2019 não é diferente. De acordo a ABComm, no primeiro semestre do ano, essa data comemorativa só perde em faturamento para o Dia das Mães.

OS PRESENTES MAIS PROCURADOS E OS MENOS DESEJADOS

Grande oportunidade para vendas on-line, o Dia dos Namorados no Brasil tem suas particularidades. Uma pesquisa realizada em 2018 pela Picodi.com mostra que o brasileiro é um dos consumidores que mais aproveitam a data. Preparado para as surpresas? Então vamos lá:

– enquanto 82% dos brasileiros comemoram a data, 18% se recusam a qualquer forma de celebração;

– o ticket médio varia entre os sexos. Enquanto os homens gastaram em média R$ 253, as mulheres investiram R$ 175. Em quase todos os países, os homens tentam impressionar as mulheres gastando mais que elas;

– tem gente triste! 25% dos homens nunca receberam presentes, enquanto 24% das mulheres choram pelo mesmo motivo;

– tem gente que ignora totalmente a data: 3% dos homens e 10% das mulheres em relacionamentos não comemoram o Dia dos Namorados;

– o que eles oferecem: 44% um jantar no restaurante, 32% roupa, 18% perfumes, 16% flores, 16% joias;

– o que elas oferecem: 40% roupas, 28% perfumes, 25% um jantar no restaurante, 16% eletrônicos, 12% doces;

– o que eles desejam: 38% um jantar no restaurante, 31% roupas, 29% eletrônicos, 25% viagem, 24% perfumes;

– o que elas desejam: 51% um jantar no restaurante, 42% viagem, 37% perfumes, 32% joias, 29% flores;

– e tem os presentes eleitos como os mais indesejados também. Segundo as mulheres, 37% não gostariam de ganhar ursos de pelúcia, 28% eletrodomésticos e 22% roupas. Entre os homens, 31% também não gostariam de ganhar ursos de pelúcia, 16% cosméticos e 15% um jantar no restaurante.

SOLUÇÕES DA EMAILAGE

Por ser uma das datas mais importante de vendas no primeiro semestre do ano, é preciso estar preparado. O montante de vendas faz com que os fraudadores aproveitem para faturar mais, disseminando golpes on-line e, principalmente, roubando informações e infectando usuários desavisados. A forma mais eficaz de se prevenir dos cibercriminosos no e-commerce é através do e-mail.

Para aproveitar todo esse romantismo, sem crise, é preciso que os lojistas com lojas virtuais fiquem atentos a alguns cuidados para manter a confiabilidade do consumidor em relação ao seu negócio. Segundo a Serasa, boa parte dos internautas ainda evitam as compras on-line por medo de fraude.

Apesar de uma enxurrada de novas formas de comunicação, é praticamente impossível usar a internet sem um endereço de e-mail. E quando falamos em compras on-line, podemos compará-las a um passaporte digital, já que o endereço de e-mail é um identificador usado por sites e serviços em nuvem durante transações.

A Emailage combina dados de fraudes provenientes de nosso modelo de consórcio colaborativo (mais de 40M de e-mails fraudulentos), com algoritmos de Machine Learning, histórico de e-mail, inteligência de domínio, inteligência de IP, verificação de nome/propriedade, dados de telefone, endereços e dados de mídia social para identificar eventos de fraude.

Então, contrate a Emailage e não corra o risco de romper o relacionamento com seus clientes.

COMO SURGIU O DIA DOS NAMORADOS

Conhecido nos EUA e em alguns países da Europa como Valentine´s Day, lá fora o Dia dos Namorados é comemorado em 14 de fevereiro. A data teria sua origem na Roma Antiga, quando o padre Valentim lutou contra as ordens do então Imperador Cláudio II, que proibia o casamento durante as guerras, alegando que os homens solteiros eram melhores combatentes.

Longe desse romantismo todo, conforme a bbc.com, aqui no Brasil a data foi criada pelo publicitário João Doria em 1948, com o intuito de fomentar as vendas no comércio, que desaceleravam neste período do ano no país. Até hoje os lojistas aproveitam a oportunidade para das um gás nas vendas.

Como as datas não são iguais, as comemorações também não. Na Inglaterra, por exemplo, algumas mulheres britânicas colocam cinco folhas de louro em seus travesseiros antes de dormir. Elas acreditam que, assim, sonharão com seus futuros maridos. Se a prática funciona, não sabemos, mas ela vem sendo replicada desde o século XVII.

Na França, as comemorações são um pouco mais parecidas com o Brasil. Algo típico francês que foi adotado pelo mundo inteiro são os “Cartões de Dia dos Namorados”, onde casais escrevem juras de amor um para o outro. Essa tradição supostamente teve a sua origem quando o Duque Charles de Orleans enviou cartas de amor à sua esposa enquanto estava aprisionado na Torre de Londres, em 1415.

Na África do Sul, além de flores, o Dia dos Namorados é celebrado com as mulheres usando corações de tecido presos nas mangas. As mulheres costuram ou espetam um papel com o nome do seu amado nesses corações de feltro. Um jeito para que os homens descubram suas admiradoras secretas ao olhar os nomes nas mangas.

Mas não é só de romantismo que se vive essa época. Ela também é uma grande oportunidade para o comércio.